JA slide show
 
  • dark
  • light

OFEREÇA 1 CAMPO A 1 GAMBOZINO

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

CampanhaVerão

Vem aí mais um verão cheio de campos de Gambozinos e, por isso, mais uma campanha para os podermos fazer e dar a cada Gambozino 10 dias inesquecíveis, os 10 dias mais esperados do ano. Precisamos muito da vossa ajuda para podermos fazer isto acontecer. Renovamos, então a proposta:

OFEREÇA UM CAMPO A UM GAMBOZINO!


PORQUÊ?

Porque estes campos são fundamentais para cumprirmos a nossa missão de juntar crianças e jovens para crescerem com as diferenças uns dos outros, com Jesus, na simplicidade da Natureza e na amizade e serviço aos outros.


COMO OFERECER UM CAMPO?

Basta fazer uma transferência para o NIB: 0035 0001 0003 2528 6300 4. Para obter um recibo, envie um email com o comprovativo de transferência para Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar


QUANTO CUSTA?

Cada Gambozino em campo tem um custo de 95 euros. Pode oferecê-lo na totalidade ou juntar-se a amigos, dividindo entre todos o montante (por exemplo, 5 amigos x 19 euros ou 10 amigos x 9,5 euros).


A quem não pode ajudar desta maneira, ajude divulgando a campanha, por favor. Um email a amigos, família, colegas de trabalho ou uma partilha no facebook faz toda a diferença! Aqui podem dar a conhecer os Gambozinos em 3 minutos.


EM NOME DOS GAMBOZINOS, MUITO MUITO OBRIGADO! CONTAMOS CONVOSCO!

A Direção


 

A Pureza e Telmo contam como foi a primeira peregrinação dos Gambozinos

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

 

Primeira Peregrinação dos gambozinos: Check!
   
Foi neste fim‑de‑semana prolongado que se realizou a primeira peregrinação dos Gambozinos em que 17 Gambozinos de Peniche e Lisboa se juntaram numa aventura, de Peniche a Fátima de mochila às costas. Foi um fim‑de‑semana com algumas peripécias mas também muito mimo.
Arrancamos na sexta feira dia 22 de Peniche onde nos foram dados os mapas e os coletes refletores e fizemos cerca de 20km até à Amoreira, foram uns bons Quilómetros para voltar a falar com quem não víamos há algum tempo ou mesmo conhecer algumas caras novas. Chegados à Amoreira dormimos numa escola primária onde tivemos algumas surpresas, desde animadores com um jantar muito bom para nós até umas pinturas nunca antes vistas ahahah.
No segundo dia fizemos uns 40 e poucos km para chegarmos a Alcobaça, tivemos algumas paragens umas pelas dores outras pelos mimos que nos iam sendo dados pela Família Nunes, a Célia, o Ludgero, a Joana, o Pedro e o Rafael, que foram assim os nossos anjinhos da guarda durante o caminho.  Acabados de chegar a Alcobaça, fizeram-nos a surpresa de arranjar uma carrinha que nos levou as mochilas até à Santa Casa da Misericórdia onde fomos dormir e onde fomos acolhidosda melhor forma possível.
No terceiro e último dia de caminhada saímos de manhã cedinho ,sem as mochilas que foram levadas diretamente para Fátima por uns anjinhos milagrosos ehehe,para chegarmos a tempo da missa em Aljubarrota as 11:15 mas quando lá chegamos não havia missa porque era um dia especial e a missa tinha mudado de hora. Fizemos umas "piscinas" em Aljubarrota para encontrar o sítio onde era a missa e finalmente encontramos a Capela de S. João. No fim da missa tivemos uma grande recompensa pelos quilómetros já caminhados, é que afinal aquela era a missa dos Faustinos, uma família daterra que nos ofereceu uma sopa da pedra bem recheadinha para dar forças para o resto do caminho. Come-mos agradecemos com um "arram sam sam" à séria e pusemo-nos outra vez a caminho. Neste último dia passamos também pela serra de Aire e Candeeiros e inventamos o incrível hino da peregrinação. 
Acho que das melhores sensações que já tive foi perceber que estávamos a chegar quando ouvimos os sinos do Santuário, foi ótimo saber que dizer Sim a esta peregrinação como Nossa Senhora disse a Deus estava a dar tantas recompensas e que com a ajuda Dela tínhamos chegado. Chegados a Fátima, fomos diretos ao Santuário e fizemos a procissão a seguir à missa e depois seguimos para a casa de S.Bento de Labre onde nos esperava o jantar e as nossas "ninfas" que o prepararam.    
Segunda-feira foi um dia mais descansado e de manhã tivemos tempo para partilhar um pouco das nossas vidas em grupo e de ir ao Santuário rezar. À tarde, quando achávamos que não tínhamos de andar mais, tiveram a ideia de nos fazer andar mais 3km, Bolas não chegavam já os outros todos? Ehehhe. Mas ainda bem que os andamos porque fomos conhecer a Comunidade Cenacolo, uma comunidade italiana que acolhe jovens que se encontram desorientados propondo-lhes uma vida de trabalho e aprendizagem com Deus, nesta visita dançamos, ouvimos testemunhos de alguns dos rapazes da comunidade e conhecemos o trabalho deles. Depois de todas estas experiências incríveis voltamos para casa uns para Peniche, outros para Lisboa mas todos com a sensação incrível de mais um desafio ultrapassado.
Esta foi só a minha segunda peregrinação mas posso dizer que foi incrível e que não vou poder esquecer todos os mimos, óbstaculos, BDS's, surpresas e também os grupos de peregrinos que nos chamaram malucos por estarmos de mochila às costas ou por querermos chegar a Fátima no Domingo mas principalmente não me vou esquecer da sensação de termos todos conseguido e chegado juntos nesta que foi a Primeira Peregrinação dos Gambozinos!
Pureza D'orey

A primeira peregrinação a Fátima da história dos GBZ, foi iniciada no bairro de Peniche no dia 22 de Abril, e foi composta por 17 gambozinos, animadores e animados. A partida de mochila às costas em direção à Amoreira começou, com muita energia e com as primeiras conversas desta atividade. Com algum cansaço chegámos a uma escola primária onde jantámos e prenoitámos. No dia seguinte acordámos para tomar o pequeno almoço e recomeçar a andar, de seguida iniciámos o primeiro BDS em peregrinação da história dos GBZ. Já com alguma dor nos pés de tanto andar, parámos para almocar e para ter uma merecida sorna, onde recuperámos energias para continuar. Mais tarde, já andando, fomos fazendo e reforçando amizades, onde fizemos o BTS, comemos fruta oferecida por uma fábrica aos peregrinos, e com esforço e alegria fomos caminhando à Santa Casa da Mesirecórdia de Alcobaça, que nos ofereceu jantar e sítio para dormir. O terceiro dia e último de caminhada, começou com a oferta de um belo pequeno almoço por parte da SCMA, e já rumo a Fátima, desta vez sem mochilas, iamos mais leves e tinhamos de percorrer menos quilómetros que no dia anterior. Na hora de irmos à missa de manhã num igreja em Aljubarrota, descobrimos que nenhuma igreja dali ia celebrá-la, então decidimos seguir o nosso caminho porque não podiamos perder tempo, mas minutos mais tarde chegámos a uma pequena igreja onde assistimos à missa e, sem sabermos, a celebrámos com a generosa família dos Faustinos, que nos ofereceu uma sopa da pedra a cada um, depois de um "arram-sam-sam" a agradecer seguimos em frente e iniciámos o BDS. Depois de almoçarmos fez-se uma mini sorna e a seguir com muita diversão e algumas dores nos pés à mistura, lá fomos andando, parando algumas vezes para descansar, desfrutando das vistas e compondo o hino da peregrinação. Finalmente começámos a ouvir os sinos de Fátima, que era sinal que estávamos quase a chegar. Já em Fátima, ficámos um pouco no santuário, e de seguida fomos para o sítio onde iamos dormir, onde estavam umas santas animadoras, que nos serviram o jantar e logo a seguir, instalámo-nos nos quartos e depois de um bom banho fomos dormir. No último dia desta atividade acordámos um pouco mais tarde, pois não havia mais caminho a percorrer, tomámos o pequeno almoço e fomos para perto do santuário ter o nosso bom e longo BDS. Almoçámos e metemo-nos a caminho de uma casa onde estava a comunidade do Cenacolo, onde passámos a tarfe a conhecer quem eles eram, onde se criou a comunidade, que atividades faziam naquele sítio e muitas mais coisas sobre eles. Assim foi a nossa peregrinação, que nos fez crescer um pouco e que só deu vontade de repetir.

Telmo Baptista

 

 
Página 1 de 161
{jatabs type="modules" animType="animMoveHor" style="labra" position="top" widthTabs="150" heightTabs="30" width="100%" height="auto" mouseType="click" duration="1000" module="ja-tabs" }{/jatabs}

Destaques

Horas

Ulti Clocks content

Quem está online?

Temos 1 visitante em linha